Revista do Vestibular da Uerj
Uerj DSEA SR-1
Rio de Janeiro, 19/11/2017
Ano 11, n. 29, 2018
ISSN 1984-1604

Questões comentadas

Busca pela Área de Conhecimento Ciências Humanas e suas Tecnologias

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 45
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015



    As letras das canções Cidade maravilhosa, de 1935, e Rio 40 graus, de 1992, parecem não retratar a mesma cidade.
    As diferentes percepções do Rio de Janeiro, retratadas em cada letra, podem ser associadas, respectivamente, às ideias de:

    (A) ostentação da beleza natural - reformulação da segurança pública

    (B) mistificação da relevância política - caracterização da desordem urbana

    (C) enaltecimento da tranquilidade social - valorização da integração étnica

    (D) glorificação da identidade local - reconhecimento da diversidade cultural

     

    Alternativa correta: (D)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: Expansão urbana no mundo e no Brasil contemporâneo

    Subitem do programa: Processos espaços-temporais de formação da região metropolitana do Rio de Janeiro

    Objetivo: Discriminar diferenças nas representações sobre a cidade do Rio de Janeiro, entre as décadas de 1930 e 1990, a partir de composições musicais.

    Comentário da questão:

    O Rio de Janeiro, sua história, seus habitantes, suas particularidades geográficas e paisagísticas foram, e ainda são, assunto recorrente de diversas manifestações e produtos culturais, como exemplificam as canções “Cidade maravilhosa” e “Rio 40 graus”. As canções mencionadas simbolizam representações da cidade carioca associadas às circunstâncias do momento em que foram produzidas, respectivamente, as décadas de 1930 e 1990. “Cidade Maravilhosa”, hoje hino oficial da cidade, se caracteriza pelo tom ufanista na alusão aos muitos encantos da então capital do país, singularizando sua identidade local, enaltecendo assim sua importância e referencialidade para o país e para o exterior. “Rio 40 Graus” apresenta as diversidades socioculturais da metrópole carioca, elencando grupos e territórios plurais reunidos na mesma cidade, redimensionando assim seus contrastes sob a designação do Rio de Janeiro ser o purgatório da beleza e do caos.


    Percentual de acertos: 73,85%

    Nível de dificuldade: Fácil (acima de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 46
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015



    No desenvolvimento das indústrias ocorrido em diversas sociedades, acompanhado pela aplicação de conhecimentos científicos, destaca-se o caso da petroquímica, ilustrado na imagem.
    O principal problema ambiental causado pela indústria petroquímica está identificado em:

    (A) erosão de solos agricultáveis

    (B) derrubada de reservas florestais

    (C) produção de resíduos poluentes

    (D) superexploração de recursos hídricos

     

    Alternativa correta: (C)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: A relação sociedade-natureza e suas dinâmicas

    Subitem do programa: Atores sociais, interesses econômicos e disputas políticas na apropriação dos recursos naturais e das fontes de energia

    Objetivo: Identificar problemas ambientais, na atualidade, relacionados à indústria petroquímica.

    Comentário da questão:

    A aplicação dos conhecimentos científicos na produção econômica ampliou-se em escala crescente a partir dos processos de industrialização, ocorridos em diversas regiões e países, ao longo do período contemporâneo. Fosse para inventar máquinas, suas peças e acessórios, fosse para intervir na criação de novas fontes de matérias-primas e de geração de energia, as ciências, com destaque para a Física e para a Química, tornaram-se possibilitadoras da própria indústria moderna. No caso da Química, a utilização e o beneficiamento do petróleo articularam-se à constituição de um setor específico: a indústria petroquímica. O uso dos derivados do petróleo possibilitou, entre outros aspectos, uma nova revolução nos transportes, ao substituir a tecnologia a vapor pelo uso dos motores a combustão. Carros e aviões transformaram-se em símbolos do progresso e da modernização. A despeito de sua relevância para a produção de riquezas e divisas, como no caso das economias brasileira e fluminense, a indústria petroquímica é considerada uma das mais poluentes, causando significativos impactos ambientais, especialmente ao longo do processo de refino de petróleo, como ilustra a imagem.


    Percentual de acertos: 91,91%

    Nível de dificuldade: Fácil (acima de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 47
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015




    Até a aprovação dessa lei, as indústrias não pagavam pela captação da água diretamente de um manancial, a chamada água bruta, para utilizá-la em seus processos produtivos.
    O instrumento de cobrança pela água bruta utilizada industrialmente obteve os resultados mencionados no texto porque:

    (A) estimulou o reúso do bem

    (B) ampliou a dispersão do consumo

    (C) reduziu a desigualdade de acesso

    (D) inibiu o assoreamento de nascentes

     

    Alternativa correta: (A)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: A relação sociedade-natureza e suas dinâmicas

    Subitem do programa: Movimentos sociais, atividades econômicas, técnica e sustentabilidade ambiental na sociedade contemporânea

    Objetivo: Reconhecer consequência ambiental do novo marco regulatório de gestão de recurso natural.

    Comentário da questão:

    A Lei Federal no 9.433/1997 consagrou, pela primeira vez no Brasil, o princípio da água como bem econômico finito e viabilizou a cobrança pela captação de água bruta. Até então, as empresas urbanas e rurais que utilizavam o recurso em seus processos produtivos e os consumidores domiciliares em geral só pagavam pela prestação dos serviços de captação, tratamento e distribuição desse precioso líquido. As companhias distribuidoras de água e as empresas que captassem a água diretamente dos mananciais não pagavam nada pelo acesso ao bem. A mudança introduzida pela nova regulamentação impactou os custos industriais e estimulou a reutilização da água no circuito de produção das manufaturas já que, dessa forma, as empresas são desoneradas ao evitar novas captações nos mananciais que as abastecem.

    Percentual de acertos: 50,02%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 48
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015




    Cuba passou a ser um país socialista após a revolução ocorrida em 1959. Nas últimas décadas, porém, tem vivenciado mudanças derivadas da dissolução da U.R.S.S., dentre as quais estão as citadas no trecho da reportagem.
    A expansão desses novos negócios cubanos está diretamente relacionada à expectativa da seguinte possibilidade:

    (A) integração com países latino-americanos

    (B) celebração de acordo comercial com a China

    (C) fim do embargo econômico norte-americano

    (D) liberalização para investimentos de capitais europeus

     

    Alternativa correta: (C)

    Eixo interdisciplinar: Política, Cidadania e Cultura

    Item do programa: Relações internacionais no mundo contemporâneo

    Subitem do programa: Os ritmos e modalidades de inserção internacional de países da Ásia, da África e da América Latina

    Objetivo: Explicar mudanças em curso na sociedade cubana na atualidade.

    Comentário da questão:

    A ocorrência da Revolução Cubana em 1959 representou um marco na história da ilha caribenha. A mudança política então desencadeada levou à adoção do socialismo como regime político. No contexto da Guerra Fria, Cuba tornou-se um problema para o governo norte-americano. A proximidade geográfica com o territério dos E.U.A. a transformou em potencial ameaça, em função das ligações com a U.R.S.S. Em 1962, em contexto de acirramento de tensões, o governo norte-americano instaurou o embargo econômico à Cuba. Com o fim do apoio soviético, em finais da década de 1980, a economia cubana passou a enfrentar sérias crises. A abertura para o turismo e para o incremento do setor de serviços representou uma saída para burlar a estagnação de diversos setores produtivos e comerciais. A recente aproximação diplomática entre Cuba e o governo de Barack Obama viabilizou o crescimento da expectativa pelo fim definitivo do embargo econômico, medida que certamente viabilizará o surgimento de outros empreendimentos na ilha e o estímulo à expansão de novos negócios, como os mencionados na reportagem.


    Percentual de acertos: 51,50%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 49
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015


    As imagens noturnas feitas por satélites revelam a distribuição espacial do consumo de energia elétrica, permitindo identificar diferenças importantes entre as sociedades humanas, como no exemplo abaixo.

    A imagem indica diferentes padrões espaciais do consumo de energia entre as regiões norte e sul da Península Coreana.
    Entre essas regiões, tal diferença é explicada, principalmente, por seus respectivos níveis de:

    (A) poderio militar

    (B) democracia política

    (C) contingente populacional

    (D) desenvolvimento econômico

     

    Alternativa correta: (D)

    Eixo interdisciplinar: Política, Cidadania e Cultura

    Item do programa: Relações internacionais no mundo contemporâneo

    Subitem do programa: Conflitos políticos, revoltas e revoluções liberais e socialistas

    Objetivo: Identificar causa da diferença no padrão espacial de consumo de energia entre territórios nacionais com semelhanças étnico-culturais.

    Comentário da questão:

    A análise da imagem permite constatar a grande diferença de padrão espacial de consumo de energia elétrica entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte. Não fossem os registros de localização de territórios e acidentes geográficos acrescentados à imagem, seria possível imaginar que o território sul-coreano corresponde a um espaço insular. Considerando que a população norte-coreana é estimada em 25 milhões de habitantes e que sua densidade demográfica situa-se em cerca de 200 habitantes por quilômetro quadrado, pode-se concluir que a escuridão da porção setentrional da península coreana não pode ser explicada por um possível vazio populacional. Na verdade, ela é fruto de um baixo nível de desenvolvimento econômico que estabelece um abismo entre as duas nações. Enquanto a Coreia do Sul tornou-se um gigante industrial e tecnológico, com sua população desfrutando de níveis de vida que se aproximam do registrado nas nações desenvolvidas, a Coreia do Norte permanece na condição de país rural que ainda luta para garantir condições de vida minimamente aceitáveis para seus habitantes.

    Percentual de acertos: 52,12%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 51
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015



    Recentemente, a ocupação econômica da Amazônia vem passando por várias alterações, como a expansão do agronegócio, citada no texto. 
    Um efeito negativo e outro positivo, ocasionados por essa expansão, estão respectivamente identificados em:

    (A) desmatamento - geração de empregos

    (B) assoreamento de rios - modernização de ferrovia

    (C) destruição da fauna - renovação das fontes de energia

    (D) poluição ambiental - redistribuição da propriedade fundiária

     

    Alternativa correta: (A)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: A relação sociedade-natureza e suas dinâmicas

    Subitem do programa: Movimentos sociais, atividades econômicas, técnica e sustentabilidade ambiental na sociedade contemporânea

    Objetivo: Identificar aspectos negativos e positivos associados à expansão do agronegócio na região amazônica, na atualidade.

    Comentário da questão:

    O caráter estratégico da região amazônica foi alvo de diversas ações do governo brasileiro, no decorrer do século XX. No caso dos governos militares (1964-1985), a ocupação e a exploração da Amazônia foram entendidas como questão de segurança nacional, tendo em vista as extensas fronteiras internacionais que a densa floresta abarcava e também seu potencial econômico, possibilitador de novos negócios que pudessem acelerar o desenvolvimento e a integração nacional. A construção da rodovia transamazônica e o projeto Carajás inseriram-se nessas iniciativas. Variados foram também os estímulos para o mapeamento e a exploração de recursos hídricos e minerais e para a promoção do uso do solo para a agricultura e a pecuária. Conforme menciona o texto, fosse por meio da criação de gado, fosse por meio da lavoura de soja, as terras amazônicas foram gradualmente sendo bastante utilizadas pelo agronegócio, fenômeno que se acelerou nas últimas duas décadas. No que se refere aos seus impactos ambientais, a expansão dessas atividades sobre terras ocupadas pela floresta interferiu diretamente nos índices de desmatamento, um efeito negativo. No que se refere à geração de empregos e divisas nacionais, o gado e a lavoura de soja alavancaram economias locais, um efeito positivo.

    Percentual de acertos: 82,21%

    Nível de dificuldade: Fácil (acima de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 53
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015



    Uma intervenção específica do poder público no espaço da cidade do Rio de Janeiro, que ilustra de modo exemplar a perspectiva descrita no texto, foi responsável pela.

    (A) ocupação da Barra da Tijuca

    (B) construção da Avenida Brasil

    (C) derrubada do Morro do Castelo

    (D) urbanização do Aterro do Flamengo

     

    Alternativa correta: (C)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: Expansão urbana no mundo e no Brasil contemporâneo

    Subitem do programa: Processos espaço-temporais de formação da região metropolitana do Rio de Janeiro

    Objetivo: Identificar forma específica de intervenção espacial urbana feita pelo poder público.

    Comentário da questão:

    De acordo com o texto, a mentalidade de rejeição do passado construída ao longo da história brasileira manifestou-se, em grande parte do Brasil republicano, por meio de reformas urbanísticas conduzidas por agentes que se esmeraram em eliminar o patrimônio material pretérito. Exemplos emblemáticos dessa postura são as reformas urbanas das primeiras décadas do século XX, em especial a que foi conduzida por Carlos Sampaio, entre 1920 e 1922. Naquele contexto, o Morro do Castelo foi derrubado com o objetivo de “sanear” o Centro do Rio de Janeiro, enobrecido desde a Reforma Passos. Esse “saneamento” viria tanto pelo expurgo dos habitantes e dos usos indesejáveis (para a elite nacional) naquele espaço, quanto pela perspectiva anacrônica de aumentar a circulação de ar com a finalidade de diminuir a incidência de doenças.

    Percentual de acertos: 39,10%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 55
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015



    O Estado é um agente fundamental na produção do espaço, pois suas ações interferem de forma acentuada sobre a dinâmica e a organização das cidades.

    A principal finalidade de uma política pública como a relatada no texto é:

    (A) reduzir a segregação espacial

    (B) elevar a arrecadação municipal

    (C) favorecer a atividade comercial

    (D) desconcentrar a população urbana

     

    Alternativa correta: (A)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: Expansão urbana no mundo e no Brasil contemporâneo

    Subitem do programa: Hierarquias, territorializações, formas espaciais e dinâmicas sociais da urbanização

    Objetivo: Reconhecer finalidade de política pública urbana.

    Comentário da questão:

    A segregação socioespacial é uma realidade típica da cidade capitalista, e a lógica de mercado verificada na ocupação do espaço urbano tende a intensificá-la com o passar do tempo. Para evitar a exacerbação desse processo, o poder público, em várias cidades do mundo, tem procurado criar mecanismos para reduzir a formação de guetos privilegiados, os quais, entre outros efeitos nocivos, reduzem o convívio com a diversidade humana e limitam a sociabilidade desejável para a urbe contemporânea. Em Nova York, a política conhecida como “50-30-20” tem essa finalidade de atenuar a segregação do espaço urbano, ao favorecer o convívio entre as distintas classes sociais em áreas nobres da metrópole. Essa política tem ainda o benefício adicional de reduzir os fluxos da população que trabalha nessa porção da cidade e que, de outra forma, só poderia deslocar-se para os seus espaços laborais através de longos movimentos pendulares, que degradam a qualidade de vida e sobrecarregam os serviços de transporte público.

    Percentual de acertos: 68,17%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

    2016 - 1º Exame de Qualificação - Questão 56
    Área do conhecimento: Ciências Humanas e suas Tecnologias

    Ano 8, n. 22, ano 2015

    Existe uma relação direta entre o dinamismo das práticas sociais e as transformações nos indicadores demográficos das sociedades. Observe, nos gráficos, um exemplo de alteração de comportamento social no Brasil.


    As mudanças verificadas entre os anos de 2000 e 2012 ocasionam o seguinte comportamento demográfico:

    (A) elevação da expectativa de vida

    (B) ampliação da população escolar

    (C) redução da taxa de fecundidade

    (D) diminuição da mortalidade infantil

     

    Alternativa correta: (C)

    Eixo interdisciplinar: Sociedade, Tempo e Espaço

    Item do programa: Dinâmica populacional no mundo e no Brasil, ao longo do processo histórico

    Subitem do programa: Crescimento demográfico e transformações sociais

    Objetivo: Apontar consequência no comportamento demográfico resultante de mudança na estrutura etária da fertilidade.

    Comentário da questão:

    A análise do gráfico conduz à conclusão de que as mulheres brasileiras estão adiando a maternidade, visto que se observa a queda na proporção de nascidos nas faixas etárias das mães até os 24 anos e a elevação desses índices a partir dos 25 anos de idade. Considerando que a taxa de fecundidade é definida como sendo o número médio de filhos por mulher ao longo de sua idade fértil (estatisticamente situada entre os 15 e os 49 anos), é razoável concluir que esse fenômeno social, o adiamento da maternidade, reduz o número de partos ao longo da vida dessas mulheres e que ele pode explicar a queda dessa taxa no Brasil ao longo do período representado no gráfico.

    Percentual de acertos: 31,12%

    Nível de dificuldade: Médio (acima de 30% e igual ou abaixo de 70%)

©2008-2017, Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Todos os direitos reservados