Questões comentadas

2009 - Exame Discursivo - Questão 5
Disciplina: Língua Portuguesa Instrumental com Redação

Ano 2, n. 3, ano 2009

— Um ordenado pequeno, mas que há de crescer. Tudo cresce neste mundo: tu cresceste imensamente. Quando nasceste eras um pirralho deste tamanho; hoje estás mais alto que eu. (l. 24-25)

A fala do senhor de Pancrácio deseja convencer e persuadir seu interlocutor. O argumento apresentado, entretanto, é intencionalmente falho, isto é, configura uma falácia.

Explique em que consiste esta falácia.

Objetivo: Explicar falácia presente em um argumento.
Item do programa: Habilidade de leitura e interpretação como reconstrução de textos em diferentes níveis
Subitem do programa: Estrutura da argumentação: fundamentação do argumento (a opinião e o fato); tipos de argumentação (retórica e demonstrativa); operações de indução e dedução; tipos de argumentos; procedimentos dialéticos (tese, antítese e síntese); avaliação de argumentos (pertinência e suficiência, validade e verdade, falácias e sofismas).

Comentário da questão:

O senhor de Pancrácio, para convencê-lo da evolução da sua condição, de escravo a assalariado, compara a possibilidade de crescimento do seu ordenado com o crescimento físico do próprio Pancrácio. A comparação, entretanto, é indevida, pois não sustenta de modo algum o argumento, isto é, trata-se de uma falácia: um argumento construído não para esclarecer uma verdade mas sim para enganar o ouvinte ou leitor. Enquanto o crescimento do escravo é notável e independente da vontade de qualquer pessoa, o crescimento do ordenado depende da vontade e da decisão do patrão, ou seja, de quem paga o salário.

 

ISSN 1984-1604

Ano 7, n. 19, 2014

Rio de Janeiro, 26/07/2014

  • Busca:

FEED RSS Assine!

Colunas

Enquete

Qual a rede social que você mais acessa?

Ver resultados