Questões comentadas

Busca pela Disciplina Biologia

    2014 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013

    Uma das consequências do processo de envelhecimento da população é a maior ocorrência de doenças como a osteoporose, um desequilíbrio no metabolismo do cálcio que resulta em fragilidade óssea. Em mulheres, a osteoporose está relacionada à diminuição da produção de hormônios ovarianos.

    Identifique o hormônio ovariano envolvido no metabolismo do cálcio. Em seguida, nomeie a célula óssea estimulada por esse hormônio. Indique, ainda, a função dessa célula na manutenção da homeostase do esqueleto.

    Objetivo: Identificar o hormônio esteroide envolvido na fisiologia óssea, bem como o tipo celular por ele estimulado e sua função no metabolismo ósseo.
    Item do programa: Metabolismo
    Subitem do programa: Tipos e funções dos hormônios animais e vegetais

    Item do programa 2: Multiceluraridade

    Subitem do programa: Classificação, estrutura e funções dos tecidos animais e vegetais

    Comentário da questão:

    Os ossos do corpo são contínua e dinamicamente remodelados, e a participação das células denominadas osteoblastos nesse processo consiste na captação de íons cálcio circulante e em sua posterior deposição na matriz óssea, formando tecido novo. O hormônio ovariano estrogênio desempenha papel fundamental no crescimento e na manutenção da homeostase do esqueleto, pois estimula os osteoblastos, prevenindo a perda de massa óssea.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013

    Em seu processo de fixação biológica, o gás atmosférico nitrogênio é convertido em compostos inorgânicos nitrogenados. Um exemplo desse mecanismo de conversão ocorre na relação simbiótica entre bactérias do gênero Rhizobium e raízes de leguminosas.

    Indique duas vantagens dessa relação simbiótica, uma para a planta e outra para a bactéria. Em seguida, cite o íon nitrogenado usado preferencialmente pelas plantas no processo de fixação e nomeie uma das moléculas, encontradas nas células vegetais, que incorpora esse íon.

    Objetivo: Descrever vantagem de uma relação simbiótica e identificar íon e moléculas envolvidos na síntese do nitrogênio.
    Item do programa: Bases da ecologia
    Subitem do programa: Relações ecológicas

    Item do programa 2: Processamento dos alimentos

    Subitem do programa: Captação de macro e micronutrientes pelos vegetais

    Comentário da questão:

    Nessa relação simbiótica, as bactérias do gênero Rhizobium utilizam os carboidratos produzidos pela planta em seu metabolismo, já os vegetais usam em seu metabolismo os compostos nitrogenados produzidos pelas bactérias. As plantas utilizam, preferencialmente, o íon nitrato no processo de fixação biológica do gás nitrogênio. Dentre as moléculas que incorporam esse íon estão as proteínas, os aminoácidos, os ácidos nucleicos e as bases nitrogenadas.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013

    Nomeie as duas proteínas mais abundantes das fibras musculares, responsáveis por sua contração. Explique, ainda, a relação entre a expansão mundial dos rebanhos de bovinos e o aumento do efeito estufa.

    Objetivo: Nomear proteínas relacionadas com a contração muscular e explicar a relação entre o aumento dos rebanhos de criação de gado e o efeito estufa.
    Item do programa: Multiceluraridade
    Subitem do programa: Classificação, estrutura e funções dos tecidos animais e vegetais

    Item do programa 2: Bases da ecologia

    Subitem do programa: Poluição e desequilíbrio ecológico

    Comentário da questão:

    As células musculares são especializadas para a contração e têm altas quantidades das proteínas actina e miosina, principais responsáveis pela atividade contrátil, que se organizam em filamentos formados por duas ou mais dessas moléculas. 

    O rúmen dos bovinos é uma câmara fermentativa. Nela, bactérias simbióticas produzem grande quantidade de gás metano no processo de digestão da celulose. O metano, que é eliminado do organismo dos animais principalmente pela boca e pelos orifícios nasais, mas também pelo ânus, contribui para o aumento do efeito estufa na atmosfera terrestre.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013

    O sistema circulatório humano apresenta características estruturais específicas para suportar a grande pressão do sangue bombeado pelo coração, no caso das artérias, bem como para manter a velocidade do fluxo em direção ao coração, mesmo sob baixa pressão, no caso das veias. Observe no gráfico as principais variações nesse sistema.


    Indique duas características da composição da parede das artérias que possibilitam a passagem do sangue sob grande pressão. Indique, também, dois fatores que possibilitam a passagem do sangue pelas veias em velocidade quase tão alta quanto a verificada nas artérias.

    Objetivo: Identificar adaptações do organismo humano para otimização do transporte de sangue pelos vasos.
    Item do programa: Circulação
    Subitem do programa: Mecanismos

    Subitem do programa: Órgãos e tecidos envolvidos

    Comentário da questão:

    As artérias apresentam uma cavidade central, denominada lúmen, revestida pelo endotélio, que é uma camada simples de células epiteliais achatadas. Duas camadas de tecidos recobrem o endotélio. Uma dessas camadas, externa, é formada por tecido conjuntivo e por grande quantidade de fibras elásticas, que permitem a contração e a dilatação dos vasos; a outra camada, média, é formada por  músculo liso bem desenvolvido e mais fibras elásticas, possibilitando a passagem de sangue sob alta pressão.

    Em relação às veias, a contração de músculos esqueléticos adjacentes a elas cria uma compressão nos vasos, responsável pela impulsão do sangue em direção ao coração. O movimento respiratório também auxilia no retorno venoso, pois a contração do diafragma cria uma sucção que puxa o ar em direção aos pulmões e também o sangue em direção à caixa torácica.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013


    Considere o cruzamento de um bode sem chifres com três cabras. Em cada cruzamento, foi gerado apenas um filhote. Observe os dados na tabela: 

    Admita que a ausência de chifres em caprinos seja uma característica monogênica dominante. Utilizando as letras A e a para representar os genes envolvidos, determine os genótipos do bode e das três cabras.

    Objetivo: Transferir conhecimentos acerca de hereditariedade para a descrição de genótipos de genitores.
    Item do programa: Hereditariedade
    Subitem do programa: Mendelismo e neomendelismo

    Comentário da questão:

    Como a ausência de chifres é uma característica dominante, indivíduos com esse fenótipo devem possuir pelo menos um alelo A. Pode-se, então, afirmar que as cabras 1 e 2, com chifres, têm genótipo aa. Como o cruzamento entre o bode sem chifres e a cabra 3, também sem chifres, originou um cabrito com chifres, deduz-se que o bode e a cabra 3 são heterozigotos para essa característica, possuindo genótipo Aa.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013


    A análise do material coletado por uma sonda introduzida no intestino delgado de uma pessoa, algum tempo após a ingestão de uma refeição rica em amido, revelou a presença de um dissacarídeo e de um monossacarídeo.
    Nomeie as duas enzimas envolvidas no processo de digestão do amido e o produto de cada uma delas.

    Objetivo: Identificar enzimas envolvidas na digestão do amido e da maltose e os produtos dessa digestão.
    Item do programa: Processamento dos alimentos
    Subitem do programa: Digestão

    Comentário da questão:

    A digestão do amido é feita inicialmente pela enzima amilase, produzindo maltose. A maltose, por sua vez, é hidrolisada em glicose pela enzima maltase. Dessa forma, na coleta de material do intestino delgado de uma pessoa que consumir refeição rica em amido, pode-se encontrar tanto maltose (dissacarídeo) quanto glicose (monossacarídeo).

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013


    O ciclo dos ácidos tricarboxílicos, ou ciclo de Krebs, é realizado na matriz mitocondrial. Nesse ciclo, a acetilcoenzima A, proveniente do catabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas, é oxidada.
    Cite um monossacarídeo e duas substâncias derivadas da hidrólise de um tipo de lipídio que podem gerar acetilcoenzima A. Em seguida, nomeie o derivado do catabolismo de monossacarídeos que, por reações de desidrogenação e descarboxilação, é o precursor imediato da acetilcoenzima A.

    Objetivo: Identificar as substâncias geradoras e a precursora de acetilcoenzima A.
    Item do programa: Metabolismo
    Subitem do programa: Anabolismo e catabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas no animal

    Comentário da questão:

    Tanto glicose quanto frutose são monossacarídeos que podem gerar acetilcoenzima A.
    As gorduras são um tipo de lipídio que, quando hidrolisado, deixa livres tanto ácidos graxos quanto o glicerol, que também podem produzir acetilcoenzima A. O ácido pirúvico (piruvato) é o derivado da digestão de monossacarídeos, precursor direto da acetilcoenzima A, que vai dar continuidade ao processo de produção de energia para o organismo através da respiração celular.       


     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013



    Atualmente, a varíola está erradicada no Brasil, mas a febre amarela apenas em algumas partes do país. No Rio de Janeiro, ainda existe a preocupação com o retorno desta doença.
    Cite o agente etiológico da febre amarela e indique como ela é transmitida ao homem. Explique, também, por que, na cidade do Rio de Janeiro, há possibilidade de retorno da febre amarela.

    Objetivo: Identificar o agente etiológico da febre amarela e descrever sua forma de transmissão, além de justificar a possibilidade de retorno dessa doença na cidade do Rio de Janeiro.
    Item do programa: Doenças infecciosas
    Subitem do programa: Agentes causadores

    Comentário da questão:

    O agente etiológico da febre amarela é um vírus transmitido ao homem pela picada de mosquito, dentre eles o Aedes aegypti, que também é o transmissor da dengue. Como existem focos de Aedes no Rio de Janeiro e adjacências, é possível, caso alguma pessoa chegue à cidade com febre amarela, que o vírus da doença se dissemine.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013


    O gráfico abaixo mostra a taxa de fotossíntese de uma mesma planta em função da temperatura e sob a concentração atmosférica de 0,05% de CO2. As curvas correspondem aos resultados sob duas diferentes condições ambientais: dias nublados e dias ensolarados.

    Cite o fator responsável pelas diferenças nas taxas de fotossíntese representadas nas duas curvas. Em seguida, identifique o processo biológico que promove a queda dessas taxas em temperaturas acima de 40 ºC.
    Indique, ainda, o que deveria ocorrer com a taxa de fotossíntese em torno de 35 ºC, em cada uma das curvas, se a concentração de CO2 no ar fosse duplicada e justifique sua resposta.

    Objetivo: Identificar fatores aceleradores da taxa de fotossíntese e explicar a interferência do aumento da temperatura nesse processo.
    Item do programa: Bioenergética
    Subitem do programa: Fotossíntese

    Comentário da questão:

    Dois dos fatores que aceleram a taxa de fotossíntese são a taxa de iluminação e a proporção de CO2. Como apenas as condições ambientais foram alteradas, a curva mais elevada representa os resultados em dias ensolarados. Caso a concentração de CO2 seja aumentada, também haverá acréscimo de taxa de fotossíntese. Sendo o CO2 um substrato fundamental para a síntese de glicose, sua maior disponibilidade implica maior eficiência desse processo. Já em temperaturas acima de 40 ºC, ocorre a desnaturação de enzimas que atuam na fotossíntese, o que explica a queda de ambas as curvas nessa faixa de valores.

     

    2014 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 18, ano 2013


    Uma cultura de células de mamífero foi incubada com um agente mutagênico e teve seu DNA alterado. As células mutantes produziram moléculas de RNA mensageiro cujas proteínas modificadas tinham os aminoácidos isoleucina (ILE) ou valina (VAL), em vez de leucina (LEU), em uma determinada posição. Quando essas células mutantes foram expostas a outro agente mutagênico, foi gerada uma proteína com fenilalanina (PHE) nessa mesma posição.
    Observe o esquema:


    Observe, ainda, a tabela abaixo, que mostra as diferentes combinações dos códigos genéticos.

    Admita que as duas mutações ocorridas tenham sido provocadas pela mudança em apenas uma base nitrogenada.
    Utilizando a tabela de códigos genéticos, indique os códons possíveis para cada um dos quatro aminoácidos envolvidos nas mutações.

    Objetivo: Transferir conhecimentos acerca de genética para identificação de bases nitrogenadas envolvidas em processo de mutação.
    Item do programa: Cromossomos e genes
    Subitem do programa: Mutação e recombinação gênica

    Comentário da questão:

    De acordo com a tabela de códigos genéticos, há seis códons diferentes para o aminoácido leucina (UUA, UUG, CUU, CUC, CUA e CUC), três para isoleucina (AUU, AUC e AUA), quatro para valina (GUU, GUC, GUA e GUG) e dois para fenilalanina (UUU e UUC).
    Desses diferentes códons para os quatro aminoácidos, apenas dois da leucina (CUU e CUC) poderiam, por alteração de uma única base nitrogenada, dar origem aos aminoácidos isoleucina (AUU e AUC) ou valina (GUU e GUC). E somente esses quatro códons, por meio de uma nova modificação em apenas uma base, poderiam codificar o aminoácido fenilalanina (UUU e UUC).

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    Aponte uma forma de transmissão da malária.
    Em seguida, indique outra medida profilática, além da utilização da vacina, que resultaria na diminuição ou na erradicação da malária de uma região geográfica.

    Objetivo: Descrever o processo de transmissão da malária e apontar uma medida preventiva para sua erradicação.
    Item do programa: Doenças parasitárias e carenciais no Brasil
    Subitem do programa: Agentes causadores

    Subitem do programa: Profilaxia

    Comentário da questão:

    A transmissão da malária não ocorre diretamente de uma pessoa infectada para uma pessoa sadia, e sim por meio da picada da fêmea do mosquito anofelino infectado pelo protozoário Plasmodium. Embora com menor frequência, outras modalidades de transmissão da malária podem ocorrer. São elas a transfusão de sangue contaminado, perfurações na pele com objetos infectados por sangue contaminado e a contaminação do filho pelo sangue da mãe com malária durante o parto.
    As medidas profiláticas, além da utilização da vacina, podem ser divididas em duas frentes de ação:
    •  eliminar o vetor, no caso, o mosquito transmissor Anopheles, impedindo a dispersão e a proliferação dos adultos e larvas do mosquito;
    •  evitar a picada, por meio do uso de repelentes e de telas nas casas, para impedir sua entrada, além da atenção aos horários de permanência ao ar livre, evitando-se o período do final do dia às primeiras horas da manhã, quando as fêmeas picam.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    A toxina produzida pela bactéria anaeróbica Clostridium botulinum pode produzir a doença denominada botulismo, por impedir a liberação do mediador químico acetilcolina nas sinapses nervosas colinérgicas. Sob o nome comercial de Botox, é usada para minimizar, temporariamente, a formação de rugas faciais.
    Explique por que o uso de pequenas doses injetáveis dessa toxina propicia essa minimização de rugas.
    Explique, ainda, por que latas estufadas podem indicar a contaminação do alimento nelas contido por Clostridium botulinum.

    Objetivo: Explicar o mecanismo de ação da toxina botulínica em uso estético e a atividade da bactéria Clostridium bolulinum em latas fechadas com alimentos em conserva.
    Item do programa: Sistema nervoso
    Subitem do programa: Transmissão do impulso nervoso

    Item do programa 2: Células procariotas e eucariotas

    Subitem do programa: Características morfológicas e funcionais

    Item do programa 3: Metabolismo

    Subitem do programa: Anabolismo e catabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas no animal

    Comentário da questão:

    A toxina botulínica, cujo nome comercial é botox, age bloqueando a liberação do mediador químico acetilcolina, responsável pela transmissão do impulso nervoso na placa motora muscular. Assim, essa toxina promove o relaxamento do músculo, diminuindo a possibilidade de aparecimento de rugas, quando injetada nos músculos da face. O ambiente de baixa concentração de oxigênio, como o encontrado no interior das latas fechadas de alimentos em conserva, é favorável ao crescimento das bactérias anaeróbicas, como a Clostridium botulinum. Latas estufadas indicam a produção de CO2 pela atividade microbiana fermentativa.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    Probióticos, como os Lactobacillus e Bifidobacterium, são microrganismos vivos que, quando administrados adequadamente, favorecem o sistema imune por sua capacidade, por exemplo, de ativar os macrófagos locais e diminuir as respostas aos antígenos dos alimentos, evitando muitas alergias.
    Apresente duas ações dos macrófagos ativados que podem trazer benefícios imunológicos para quem faz uso dos probióticos.

    Objetivo: Identificar as ações dos macrófagos ativados benéficas ao sistema imune.
    Item do programa: Tecidos animais e vegetais
    Subitem do programa: Estrutura e funções

    Comentário da questão:

    Os probióticos têm a propriedade de ativar os macrófagos, que são células presentes no tecido conjuntivo. Os macrófagos ativados fagocitam os microrganismos e apresentam os antígenos desses invasores. Consequentemente, ocorre o reconhecimento dos antígenos pelos linfócitos, que estimulam a reação de imunidade celular e humoral, desencadeando os mecanismos de defesa.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    A entrada de água nas sementes é essencial para desencadear sua germinação. Essa hidratação, reativando tanto enzimas que hidrolisam moléculas de carboidratos como enzimas envolvidas no ciclo de Krebs e na cadeia de transporte de elétrons, ocasiona um nítido aumento do consumo de O2 e da produção de ATP.
    Aponte as duas principais funções dos carboidratos hidrolisados para o desenvolvimento do embrião.
    Indique, ainda, a organela reativada responsável pelo aumento do consumo de O2 e da produção de ATP com o processo de hidratação.

    Objetivo: Identificar as funções principais dos carboidratos e a organela responsável pela obtenção de energia no processo de germinação de sementes.
    Item do programa: Metabolismo
    Subitem do programa: Anabolismo e catabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas no animal

    Item do programa 2: Células procariotas e eucariotas

    Subitem do programa: Organelas

    Comentário da questão:

    A hidratação torna macromoléculas e organelas preexistentes novamente funcionais, pois reativa as enzimas que hidrolisam as moléculas de carboidratos nas reservas da semente. Os carboidratos hidrolisados serão utilizados de duas formas: como fonte de energia, participando dos processos oxidativos e gerando ATP; como matéria-prima, participando da construção de novos compostos para o crescimento do vegetal. As mitocôndrias já presentes na semente, mesmo antes da embebição, são as organelas responsáveis pela síntese de ATP por meio da respiração.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    O esquema abaixo indica etapas do ciclo do carbono em um ecossistema lacustre. Os conjuntos A e B representam importantes atividades metabólicas encontradas em seres vivos desse lago.


    Considere as atividades metabólicas encontradas em animais e em cianobactérias desse ecossistema.
    Aponte quais desses seres vivos realizam tanto o conjunto A quanto o conjunto B de atividades. Justifique sua resposta, utilizando as informações do esquema.

    Objetivo: Identificar seres vivos aeróbicos e fotossintetizantes e descrever suas características metabólicas.
    Item do programa: Bases da ecologia
    Subitem do programa: Ciclos biogeoquímicos

    Item do programa 2: Bioenergética

    Subitem do programa: Respiração celular

    Subitem do programa: Fotossíntese

    Comentário da questão:

    Observe o esquema:


    O conjunto A representa as reações que ocorrem na fotossíntese: captação de CO2 e água, liberação de gás oxigênio e produção de matéria orgânica. Já o conjunto B representa a respiração celular, quando há produção de CO2 e água e consumo de matéria orgânica. As cianobactérias são microrganismos aeróbicos que realizam tanto a fotossíntese quanto a respiração celular.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    Segundo a perspectiva de alguns cientistas, as mudanças climáticas decorrentes do aquecimento global podem estar provocando mudanças nos processos adaptativos de seres vivos.
    Justifique essa perspectiva com base nas seguintes propostas:
    • teoria evolutiva de Lamarck;
    • neodarwinismo.

    Objetivo: Explicar possibilidade de processos adaptativos dos seres vivos sob o ponto de vista da teoria evolutiva de Lamarck e da do neodarwinismo.
    Item do programa: Evolução
    Subitem do programa: Mecanismos e teorias evolutivas e de seleção

    Comentário da questão:

    Segundo a teoria de Lamarck, processos adaptativos dos seres vivos ocorreriam segundo a lei do uso e desuso, ou seja, o que não é usado desaparece e o que é usado se desenvolve e é transmitido a futuras gerações. Já para o neodarwinismo, mutações ao acaso nos genes de um ser vivo seriam passadas aos descendentes permitindo melhor adaptação às mudanças ambientais, como resultado do mecanismo de seleção natural.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    A irisina, um hormônio recentemente descoberto, é produzida por células musculares durante a atividade física. Ela atua sobre as mitocôndrias de certos tipos de células adiposas, acelerando a oxidação dos lipídios e liberando energia sob a forma de calor.
    Identifique a alteração provocada pela ação da irisina sobre o metabolismo energético das mitocôndrias dessas células adiposas.
    Nomeie um outro hormônio conhecido cuja atuação seja semelhante à da irisina nas células do organismo.

    Objetivo: Identificar o mecanismo de ação do hormônio irisina sobre o metabolismo energético da mitocôndria e exemplificar outro hormônio com mesma atuação.
    Item do programa: Metabolismo
    Subitem do programa: Tipos e funções dos hormônios animais e vegetais

    Item do programa 2: Bioenergética

    Subitem do programa: Respiração celular

    Comentário da questão:

    A irisina acelera a oxidação dos lipídios de certas células adiposas, liberando a energia produzida sob a forma de calor. Isso ocorre porque esse hormônio atua no desacoplamento do processo mitocondrial de fosforilação oxidativa. A fosforilação oxidativa é o mecanismo de transferência da energia liberada na cadeia respiratória mitocondrial para que haja a síntese do ATP. Quando ocorre o desacoplamento desse processo, a energia liberada nas oxidações da cadeia respiratória não é totalmente utilizada para a síntese de ATP, sendo dissipada sob a forma de calor. Os hormônios triiodotironina (T3) e tetraiodotironina ou tiroxina (T4), produzidos pela tireoide, além da noradrelanina, também atuam promovendo o desacoplamento no tecido adiposo.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    Considere três ecossistemas: deserto, floresta tropical perenifólia e mar aberto.
    Os gráficos abaixo indicam as medidas obtidas nesses ecossistemas em relação a três diferentes parâmetros:


    Identifique o ecossistema correspondente à floresta tropical perenifólia, justificando sua resposta. 

    Identifique, também, qual é o ecossistema A e explique por que a luz pode ser considerada o fator abiótico que limita a produtividade primária líquida média neste ecossistema.

    Objetivo: Identificar ecossistemas com base em determinados parâmetros.
    Item do programa: Bases da ecologia
    Subitem do programa: Ecossistemas

    Comentário da questão:

    A floresta tropical perenifólia, com suas grandes árvores de folhas largas e perenes, localiza-se em regiões de clima quente onde há grande disponibilidade de água, em decorrência do alto índice pluviométrico, e de luz, por estar na faixa equatorial. Consequentemente, a produtividade primária líquida média desse ecossistema é grande, contribuindo com um alto percentual para produção primária líquida total do planeta. O ecossistema C exemplifica esse padrão.
    Dos três ecossistemas, o mar aberto é o que perfaz maior percentual da superfície terrestre. Nele, a penetração da luz diminui com a profundidade, formando uma zona fótica. O fato de a luz conseguir penetrar na água do mar apenas até 200 metros de profundidade limita a produtividade primária líquida média desse ecossistema. Entretanto, a grande extensão superficial do mar aberto garante sua elevada contribuição para a produção primária líquida total da Terra.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    As taxas metabólicas de um animal são comumente medidas por meio do consumo de O2 e pela produção de CO2. O gráfico abaixo relaciona a taxa metabólica de um animal endotérmico com a temperatura do ambiente:


    Apresente os dados do gráfico que fundamentam a classificação do animal como endotérmico.
    Indique, ainda, a faixa de temperatura ambiental, em graus Celsius, mais favorável à sobrevivência desse animal. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Descrever características metabólicas de um animal.
    Item do programa: Respiração
    Subitem do programa: Mecanismos

    Item do programa 2: Osmorregulação e manutenção do pH nos animais

    Subitem do programa: Equilíbrio ácido-básico

    Comentário da questão:

    De acordo com os dados do gráfico, em baixas temperaturas ambientais, o animal aumenta sua taxa metabólica, ou seja, gasta energia. Isso indica que ele mantém sua temperatura corporal por meio do calor produzido por seu metabolismo, o que permite classificá-lo como endotérmico.
    Os menores valores da taxa metabólica desse animal ocorrem entre 25 ºC e 35 ºC. Nessa faixa de temperatura ambiente, o animal não utiliza mecanismos ativos – ou seja, aqueles que demandam gasto de energia – para manter sua temperatura corporal. A elevação das taxas do metabolismo que ocorre logo após esse intervalo é decorrente de gastos metabólicos com a sudorese, por meio da qual se perde calor. Assim, as taxas elevam-se um pouco para que se mantenha a temperatura corporal.

     

    2013 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 6, n. 16, ano 2013


    Em células eucariotas, o antibiótico actinomicina D atua bloqueando o mecanismo de transcrição da informação gênica, impedindo a síntese de RNA. Já o antibiótico puromicina é capaz de bloquear o processo de tradução da informação e, portanto, a síntese de proteínas.
    Considere um experimento em que a actinomicina D foi adicionada a uma cultura de células eucariotas, medindo-se, em função do tempo de cultivo, a concentração de três diferentes proteínas, A, B e C, no citosol dessas células. Em experimento similar, esse antibiótico foi substituído pela puromicina, sendo medidas as concentrações das mesmas proteínas.
    A tabela abaixo mostra os resultados dos dois experimentos.


    Considere que a meia-vida de uma molécula na célula é igual ao tempo necessário para que a concentração dessa molécula se reduza à metade.
    Estabeleça a ordem decrescente dos tempos de meia-vida dos RNA mensageiros das proteínas A, B e C.
    Compare, também, o tempo de meia-vida dessas proteínas e estabeleça a relação entre esses tempos.

    Objetivo: Descrever relação entre tempos de meia-vida de RNA mensageiros e entre tempos de meia-vida de proteínas, em presença de antibióticos.
    Item do programa: Os ácidos nucleicos DNA e RNA
    Subitem do programa: Estrutura

    Subitem do programa: Funções

    Item do programa 3: Cromossomos e genes

    Subitem do programa: Código genético

    Subitem do programa: Síntese de proteínas

    Comentário da questão:

    Quando a actinomicina D é utilizada, o processo de síntese de RNA mensageiro é bloqueado. Portanto, os mensageiros das proteínas serão, a partir desse momento, apenas degradados, ou seja, perdem sua capacidade de sintetizá-las. Dessa forma, o RNA mensageiro que continuar a sintetizar proteínas por mais tempo será o de maior meia-vida, no caso do experimento, o da proteína C. Note que, em 90 minutos, ele apresenta a maior concentração quando comparado com os demais. O RNAm de C será seguido na ordem decrescente de meias-vidas pelos RNAm de B e de A.
    Quando, no entanto, a puromicina é adicionada, o processo de tradução dos mensageiros é bloqueado. Assim, a própria diminuição de concentração das proteínas identifica suas respectivas meias-vidas. No caso, as proteínas A, B e C decaíram igualmente em função do tempo, mostrando que suas meias-vidas são iguais.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012



    O monóxido de carbono é um gás que, ao se ligar à enzima citocromo C oxidase, inibe a etapa final da cadeia mitocondrial de transporte de elétrons.
    Considere uma preparação de células musculares à qual se adicionou monóxido de carbono. Para medir a capacidade de oxidação mitocondrial, avaliou-se, antes e depois da adição do gás, o consumo de ácido cítrico pelo ciclo de Krebs.
    Indique o que ocorre com o consumo de ácido cítrico pelo ciclo de Krebs nas mitocôndrias dessas células após a adição do monóxido de carbono. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Descrever as oxidações no ciclo de Krebs em situação de respiração celular inibida.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: As bases do metabolismo e seu controle: catabolismo de carboidratos

    Item do programa 2: Vírus....... células e tecidos

    Subitem do programa: Bioenergética: respiração celular aeróbica

    Comentário da questão:

    Quando a cadeia de transporte de elétrons na mitocôndria é inibida, ocorre um acúmulo de coenzimas de oxirredução na matriz mitocondrial na forma reduzida. A falta de coenzimas na forma oxidada impede que as enzimas desidrogenases do ciclo de Krebs possam atuar eficientemente. Em consequência, o consumo do ácido cítrico por esse ciclo deverá diminuir.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Recentemente, no Rio de Janeiro, recrutas da Marinha foram contaminados por vírus influenza tipo B. Esse vírus se replica de modo idêntico ao do vírus influenza tipo A, causador da pandemia de gripe suína no ano de 2009.
    Cite o tipo de ácido nucleico existente no vírus influenza tipo B e explicite seu mecanismo de replicação.

    Objetivo: Identificar tipo de ácido nucleico existente em um vírus e descrever mecanismo de reprodução desse vírus.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Vírus: tipos e estrutura; reprodução e mecanismos de patogenicidade

    Comentário da questão:

    Da mesma forma que o vírus influenza tipo A, o vírus influenza tipo B também é formado por RNA monofilamento. Seu mecanismo de replicação também ocorre de forma similar, ou seja, o RNA viral precisa ser transcrito em seu RNA complementar para que a célula parasitada o reconheça como RNA mensageiro e o traduza em proteínas virais.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Em uma experiência, mediram-se, em presença do ar atmosférico, o consumo e a produção de oxigênio de uma planta em função da luminosidade a que estava submetida.
    A curva do gráfico abaixo indica os resultados da medição:


    Identifique os dois pontos da curva que representam condições para o crescimento dessa planta a partir do acúmulo de reservas energéticas. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Reconhecer condições de iluminação propícias ao crescimento de uma planta.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Bioenergética: fotossíntese

    Comentário da questão:

    Uma planta só pode crescer quando a taxa de fotossíntese supera a de consumo das reservas. No gráfico, os pontos A e B indicam consumo de O2 e, portanto, gasto de reservas. O ponto de compensação, ou seja, o ponto no qual as taxas de consumo e produção se igualam, corresponde ao ponto C. Já os pontos D e E estão situados em uma faixa de iluminação que permite o acúmulo de reservas e, consequentemente, o crescimento da planta.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Atualmente, existe um grande estímulo ao uso dos biocombustíveis, considerados menos agressivos ao meio ambiente. No entanto, assim como os combustíveis derivados do petróleo,  eles também produzem CO2 quando queimados pelos motores.
    Considerando o ciclo biogeoquímico do carbono, descreva a consequência positiva do uso exclusivo de etanol para o equilíbrio da taxa de CO2 atmosférica.
    Cite, também, duas desvantagens relacionadas ao uso desse biocombustível.

    Objetivo: Descrever benefícios do uso do etanol como combustível e identificar também desvantagens desse uso.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Bases de ecologia: ciclos biogeoquímicos

    Item do programa 2: Vírus....... células e tecidos

    Subitem do programa: Bioenergética: fotossíntese

    Comentário da questão:

    O etanol é uma fonte renovável de energia. Seu uso exclusivo como combustível acarreta a produção de uma determinada quantidade de CO2, em virtude de sua queima, mas quantidade similar desse gás também será captada pelas plantas do qual é extraído. Dessa forma, a contribuição para o aumento da taxa CO2 atmosférico pela queima de etanol é minimizada. Algumas desvantagens relacionadas ao uso desse biocombustível são: redução da biodiversidade e da produção de alimentos, em virtude da necessidade de grandes áreas para plantação das culturas usadas na produção de etanol; gasto de grande quantidade de energia nessa produção; aumento do consumo de água para irrigação e de uso de fertilizantes nitrogenados; contaminação de lençóis freáticos por nitritos e nitratos oriundos de fetilizantes.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    O esquema abaixo representa o mecanismo de biossíntese proteica em um trecho de DNA de uma célula eucariota. Observe que sua hélice inferior será transcrita e que as bases nitrogenadas, em destaque, compõem um íntron, a ser removido no processamento do pró-RNAm.


    Identifique a sequência de bases que irá compor o trecho de RNA mensageiro a ser traduzido em proteína e determine o número de aminoácidos a serem introduzidos na proteína nascente.

    Objetivo: Transferir conhecimentos acerca do mecanismo de biossíntese proteica em uma célula eucariota para identificar sequência de bases e número de aminoácidos incorporados na proteína.
    Item do programa: Bases da genética
    Subitem do programa: O fluxo da informação gênica e a síntese de proteínas

    Comentário da questão:

    A remoção de íntrons durante o processamento dos RNA mensageiros nas células eucariotas é um mecanismo muito frequente. Os éxons restantes são ligados entre si, formando o RNA mensageiro maduro, pronto para ser traduzido em moléculas de proteínas. Com a remoção do íntron do pró-RNAm, composto pelas bases GCUUAACGG, restarão os éxons AUGGAA e AAAUAC, que serão fundidos e traduzidos nos primeiros 4 aminoácidos da proteína nascente.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Observe, na ilustração, os tipos celulares da linhagem germinativa presentes nos túbulos seminíferos.

    Cite o tipo de divisão celular que ocorre na transformação de espermatócito primário para espermatócito secundário e nomeie a célula resultante da espermiogênese.

    Objetivo: Identificar tipo de divisão celular em uma etapa do processo de espermiogênese e nomear a célula gerada nesse processo.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Reprodução: tipos; gametogênese

    Comentário da questão:

    A espermatogênese é caracterizada por uma série de divisões celulares que antecedem a diferenciação e a produção dos espermatozoides. O tipo de divisão celular que ocorre na transformação de espermatócito primário para espermatócito secundário é a meiose. Após cada divisão celular, as células resultantes sofrem transformações morfológicas que conduzem à formação das células precursoras das células germinativas masculinas, as quais, na etapa da espermiogênese, transformam-se nos espermatozoides.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    As células-tronco se caracterizam por sua capacidade de autorrenovação e diferenciação em múltiplas linhagens celulares. Podem ser classificadas, quanto à origem, em células-tronco embrionárias e células-tronco adultas. As adultas são encontradas nos tecidos dos organismos após o nascimento, sendo capazes de promover a diferenciação celular específica apenas do tecido de que fazem parte.
    Nomeie a estrutura do blastocisto na qual se encontram as células-tronco embrionárias. Identifique, também, no caso de uma lesão tecidual, a vantagem da existência de células-tronco adultas nos tecidos.

    Objetivo: Nomear estrutura embrionária e explicar vantagem da existência de células-tronco adultas nos tecidos.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Células-tronco: diferenciação celular, terapia celular

    Comentário da questão:

    As células-tronco embrionárias são derivadas do embrioblasto do blastocisto. Elas constituem os tipos celulares mais indiferenciados, capazes de produzir qualquer tipo celular do organismo embrionário ou adulto; por isso, são a principal célula escolhida para emprego na terapia com células-tronco. No entanto, quando um tecido adulto é lesionado, as células-tronco adultas presentes nesse tecido são capazes de se proliferar, originando novas células e substituindo total ou parcialmente aquelas perdidas após uma lesão.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Em um experimento no qual se mediu a velocidade de condução do impulso nervoso, foram observados diferentes resultados para as fibras nervosas mielinizadas e para as não mielinizadas.
    Cite o tipo de fibra nervosa na qual a velocidade de condução do impulso é maior. Em seguida, identifique o fator que explica a diferença de transmissão do impulso nervoso nos dois tipos de fibras.

    Objetivo: Identificar fibra nervosa caracterizada pela condução mais rápida do impulso nervoso e justificar essa característica.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Sistema nervoso nos animais; o impulso nervoso e sua propagação

    Comentário da questão:

    A bainha de mielina que envolve o axônio dos neurônios torna a velocidade da propagação do impulso nervoso mais rápida. Esse aumento da velocidade ocorre porque a transmissão do impulso é saltatória, ou seja, ocorre entre os nódulos de Ranvier.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    A clonagem de plantas já é um procedimento bastante comum. Para realizá-lo, é necessário apenas o cultivo, em condições apropriadas, de um determinado tipo de célula vegetal extraído da planta que se deseja clonar.
    Nomeie esse tipo de célula e apresente a propriedade que viabiliza seu uso com esse objetivo. Indique, ainda, uma parte da planta onde esse tipo de célula pode ser encontrado.

    Objetivo: Nomear determinada célula vegetal e identificar sua propriedade característica e também sua localização nas plantas.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Tecidos animais e vegetais: classificação, estrutura e funções

    Comentário da questão:

    As células meristemáticas são aquelas que permitem, com facilidade, a clonagem de plantas. Estas células são indiferenciadas, ou seja, possuem características embrionárias, e também totipotentes, isto é, são capazes de gerar qualquer outro tipo de célula vegetal. Elas são encontradas nas extremidades dos ramos, do caule, das raízes e também no câmbio.

     

    2012 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 5, n. 13, ano 2012


    Macrófagos são células que participam da formação das placas ateroscleróticas. Essas placas contêm colesterol e seu acúmulo nas paredes das artérias pode provocar ataque cardíaco.
    No plasma sanguíneo, a maior proporção de colesterol está presente na lipoproteína de baixa densidade (LDL).
    Indique as duas propriedades do macrófago que o capacitam a instalar-se na placa aterosclerótica e a captar o colesterol como partícula LDL. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Identificar propriedades dos macrófagos e explicar sua relação com o processo de formação de placas ateroscleróticas.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Células em geral: características morfológicas e funcionais

    Comentário da questão:

    Os macrófagos são células dotadas das capacidades de migrar pelos tecidos (processo também chamado de diapedese) e de realizar a fagocitose de material líquido ou particulado ali presente para posterior degradação. O material fagocitado, que pode ser parcial ou completamente digerido, acumula-se no seu citoplasma no interior de vacúolos. Dessa forma, o macrófago, ao migrar através da parede dos vasos, pode fagocitar as partículas de LDL presentes no sangue e que ficam depositadas nas paredes das artérias, formando as placas ateroscleróticas. O acúmulo dessas placas costuma provocar ataque cardíaco.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    Com o objetivo de estudar a influência de hormônios sobre o metabolismo da glicose, foram utilizados os seguintes procedimentos experimentais:
    - manter inicialmente em jejum um animal adequado ao estudo;
    - injetar nesse animal, por via subcutânea, e em diferentes intervalos de tempo, os hormônios A, B e C, que atuam no metabolismo dos carboidratos.
    O gráfico abaixo apresenta as alterações da taxa de glicose no sangue do animal em função da inoculação de cada um desses hormônios.


    Nomeie os hormônios A e B, produzidos pelo pâncreas, e identifique o órgão que produz o hormônio C.
    Indique, ainda, o que ocorre com o glicogênio muscular após a administração do hormônio A.

    Objetivo: Discriminar hormônios envolvidos no metabolismo da glicose e descrever o mecanismo de ação de um deles sobre células musculares.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: As bases do metabolismo e seu controle: tipos e funções dos hormônios

    Comentário da questão:

    Os hormônios A e B são produzidos pelo pâncreas. De acordo com o gráfico, o primeiro eleva e o segundo diminui a taxa de glicose no sangue. Trata-se, portanto, dos hormônios glucagon e insulina, respectivamente.
    Além do pâncreas, as glândulas suprarrenais também secretam hormônios hiperglicemiantes, como a adrenalina (produzida na medula da suprarrenal) e os glicocorticoides (produzidos no córtex da suprarrenal). Logo, o hormônio C é produzido por este órgão.
    Como o hormônio A, glucagon, não possui receptores na célula muscular, não existem alterações de glicogênio nessas células.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    Uma amostra de mitocôndrias e outra de cloroplastos foram colocadas em meios de incubação adequados ao metabolismo normal de cada organela. As amostras, preparadas na ausência de luz, foram iluminadas do início até o final do experimento. Os gráficos abaixo indicam os resultados obtidos, para cada uma das organelas, nos quatro parâmetros medidos no experimento.


     

    Identifique, por seus números, as curvas que correspondem às amostras de mitocôndrias e as que correspondem às amostras de cloroplastos, justificando sua resposta.

    Objetivo: Explicar as diferenças metabólicas entre as organelas mitocôndria e cloroplasto em condições diferentes de iluminação.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Células em geral: compartimentalização e organelas

    Comentário da questão:

    As mitocôndrias são organelas que consomem oxigênio e produzem gás carbônico e ATP. Esse metabolismo não se altera seja qual for a condição de iluminação. Logo, as curvas que correspondem à amostra de mitocôndrias são as de números 2, 3, 5 e 8.
    Os cloroplastos, por sua vez, dependem de luz para produzir oxigênio e ATP, mas não produzem gás carbônico, nem consomem oxigênio. Portanto, as curvas que correspondem a essa organela são as de números 1, 4, 6 e 7.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    O Brasil é o segundo país do mundo em número de casos de hanseníase, perdendo apenas para a Índia.
    Cite o nome científico do agente patogênico responsável pela hanseníase, indicando se é um vírus ou uma bactéria.
    Em seguida, identifique seu mecanismo de transmissão e apresente o nome da vacina que pode induzir alguma proteção contra essa doença.

    Objetivo: Nomear o agente patogênico da hanseníase, reconhecer o tipo de célula desse microrganismo, descrever seu mecanismo de transmissão e identificar sua vacina preventiva.
    Item do programa: Saúde e bem-estar do homem
    Subitem do programa: Doenças provocadas por bactérias e vírus e medidas preventivas em saúde pública

    Comentário da questão:

    A bactéria Mycobacterium leprae é o agente patogênico responsável pela hanseníase. Sua transmissão ocorre pelo contato com secreções das vias aéreas de doentes não tratados. A vacina BCG pode induzir alguma proteção contra a hanseníase, pois a Mycobacterium leprae é do mesmo gênero da bactéria causadora da tuberculose.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    A amônia é produzida pelos organismos vivos, especialmente durante o catabolismo dos aminoácidos. Por ser muito tóxica, alguns vertebrados a incorporam, antes da excreção, como ácido úrico ou como ureia.
    Cite um vertebrado que excreta diretamente amônia e identifique o principal órgão excretor dessa substância.
    Aponte, também, uma vantagem de adaptação ambiental relativa às aves e outra relativa aos répteis, por excretarem ácido úrico, substância pouco solúvel em água.

    Objetivo: Discriminar animais vertebrados amoniotélicos, identificar seu órgão de excreção e exemplificar vantagens de adaptação ambiental de animais uricotélicos, como aves e répteis.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Excreção: mecanismos e estruturas envolvidas

    Comentário da questão:

    Os peixes teleósteos ou girinos de anfíbios são os vertebrados que excretam diretamente a amônia. As aves e os répteis incorporam a amônia em ácido úrico, o que lhes confere algumas vantagens, como a diminuição do peso, facilitando o voo, no caso das aves, e a melhor adaptação a regiões áridas, no caso dos répteis.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    Alguns seres vivos, em especial animais situados no topo da cadeia alimentar, podem acumular algumas substâncias tóxicas em decorrência de sua alimentação.
    Indique o principal motivo da ocorrência do processo de bioacumulação dessas substâncias.
    Explique, ainda, por que as concentrações de substâncias tóxicas tendem a ser maiores em animais pertencentes a níveis tróficos superiores.

    Objetivo: Explicar os processo de bioacumulação de substâncias e justificar sua ação mais intensa em indivíduos no topo da cadeira alimentar.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Bases da ecologia: cadeias e teias alimentares

    Comentário da questão:

    O processo de bioacumulação de substâncias tóxicas ocorre pois elas não são biodegradáveis. Apenas uma pequena quantidade da matéria e da energia de seres de um determinado nível trófico é efetivamente aproveitada pelos componentes do nível imediatamente superior. Em consequência, estes últimos têm de consumir uma biomassa muitas vezes maior, o que faz com que acumulem substâncias não biodegradáveis existentes em seres do nível trófico anterior.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011


    Nomeie o tipo de divisão celular ao qual o texto faz referência e a fase dessa divisão correspondente ao alinhamento dos cromossomos.

    Objetivo: Nomear o tipo de divisão celular descrito e uma de suas fases.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Células em geral: mecanismos e fases da divisão celular

    Comentário da questão:

    As células somáticas em um organismo multicelular são descendentes da primeira célula, o ovo ou zigoto, através do processo de divisão celular denominado mitose. Como resultado de cada divisão mitótica, são produzidas duas células-filhas geneticamente idênticas à célula que se dividiu.
    Durante a mitose, a célula encontra-se em metáfase quando todos os centrômeros dos cromossomos alcançam a placa equatorial, isto é, quando se alinham em um plano no equador da célula. Nesta etapa, como os cromossomos estão condensados ao máximo, sua visualização ao microscópio óptico fica mais nítida.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    Um par de alelos regula a cor dos pelos nos porquinhos da Índia: o alelo dominante B produz a pelagem de cor preta e seu alelo recessivo b produz a pelagem de cor branca. Para determinar quantos tipos de gametas são produzidos por um desses animais, cujo genótipo homozigoto dominante tem o mesmo fenótipo do indivíduo heterozigoto, é necessário um cruzamento-teste.
    Admita que os descendentes da primeira geração do cruzamento-teste de uma fêmea com pelagem preta apresentem tanto pelagem preta quanto pelagem branca.
    Descreva o cruzamento-teste realizado e determine o genótipo da fêmea e os genótipos dos descendentes.

    Objetivo: Descrever o cruzamento-teste especificado e seus genótipos.
    Item do programa: Bases da genética
    Subitem do programa: Hereditariedade: mendelismo e neomendelismo

    Comentário da questão:

    Quando o genótipo homozigoto dominante e o genótipo heterozigoto têm o mesmo fenótipo - no caso, a fêmea com pelagem preta -, utiliza-se um cruzamento-teste com um genitor homozigoto recessivo, para determinar quais tipos de gametas são produzidos por essa fêmea. A  análise dos fenótipos dos descendentes do cruzamento indicado permite determinar o genótipo da fêmea com a característica dominante, tendo em vista que esta foi cruzada com o macho homozigoto recessivo (bb). A existência de descendentes com pelagem branca (bb) já é suficiente para classificar a fêmea preta como geneticamente heterozigota (Bb). Por sua vez, os descendentes com pelagem preta de genitor branco são sempre heterozigotos (Bb).

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    Em ambientes cujos fatores bióticos e abióticos não se modificam ao longo do tempo, a seleção natural exerce uma função estabilizadora, equilibrando a tendência ao aumento da dispersão das características de uma população. A dispersão do peso dos seres humanos ao nascer, por exemplo, é influenciada pela seleção estabilizadora.
    Observe o gráfico:


    Identifique, a partir dos dados apresentados no gráfico, a influência da seleção estabilizadora na dispersão do peso dos recém-nascidos humanos.
    Cite, também, dois mecanismos evolutivos que contribuem para a ocorrência de diferenças genéticas entre indivíduos de uma população.

    Objetivo: Identificar a influência da seleção estabilizadora e exemplificar dois mecanismos evolutivos relacionados às variações de uma população.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Evolução: mecanismos de seleção

    Comentário da questão:

    A seleção natural pode operar sobre a variação quantitativa de uma população de maneiras diferentes. Ela assume uma função estabilizadora quando se preservam as características médias da população, favorecendo os indivíduos de fenótipo intermediário - vejam-se, por exemplo, os menores percentuais de mortalidade mostrados no gráfico. Por sua vez, os indivíduos com fenótipos dos extremos contribuem com menos prole para a próxima geração, já que apresentam os maiores percentuais de mortalidade. Ou seja, altas taxas de mortalidade estão associadas a indivíduos com peso fora da faixa média.
    Os mecanismos evolutivos são forças que modificam a estrutura genética de uma população. A origem da variação nas populações é a mutação, e o aumento da variação é causado pela recombinação gênica e pela migração.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011

    É possível marcar determinadas proteínas com um isótopo radioativo, a fim de rastrear sua passagem através da célula, desde a síntese até a excreção.
    O gráfico abaixo ilustra o rastreamento da passagem de uma proteína marcada radioativamente por três compartimentos celulares.


    Indique a sequência do percurso seguido por essa proteína através dos três compartimentos celulares citados e a função de cada um dos compartimentos durante o percurso.

    Objetivo: Discriminar a sequencia do percurso de uma proteína através de compartimentos celulares e descrever a função de cada um deles.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Células em geral: sistema de membranas, compartimentalização, organelas, transporte de nutrientes por membranas

    Comentário da questão:

    Nos ribossomos aderidos às membranas do retículo endoplasmático granular (REG), ocorre a síntese das proteínas. No início do rastreamento apresentado no gráfico, é neste compartimento que foram contados os maiores valores de radioatividade. O complexo golgiense (CG) recebe essas proteínas provenientes do REG e, por isso, é o compartimento seguinte a apresentar aumento na contagem de radioatividade, que, por sua vez, diminui no REG. Em seguida, o CG modifica, concentra e/ou empacota as proteínas e as encaminha, envolvidas em vesículas de secreção (VS), para fora da célula. Por isso, no gráfico, estes compartimentos são os últimos a terem a contagem de radioatividade aumentada. Quando as vesículas se aproximam da membrana plasmática, elas se fusionam com esta membrana, liberando sua carga, isto é, as proteínas.

     

    2011 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 4, n. 10, ano 2011


    Existem diferentes tipos de hemoglobina, inclusive entre indivíduos da mesma espécie. Essas diferenças nas cadeias polipeptídicas interferem nas propriedades da ligação reversível da hemoglobina com o oxigênio. Tal ligação, por sua vez, depende da pressão parcial de oxigênio - PO2.
    Observe o gráfico abaixo, que indica as diferenças de afinidade entre a hemoglobina fetal e a materna.


    Para valores de PO2 entre 40 e 60 mmHg, indique qual das duas moléculas de hemoglobina humana conseguirá captar mais O2, apontando a vantagem da diferença de afinidade em relação a esse gás.

    Objetivo: Explicar as vantagens das diferenças de afinidade pelo gás oxigênio entre as hemoglobinas presentes na mãe e no feto.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Respiração, circulação e excreção: mecanismos e estruturas envolvidas

    Comentário da questão:

    A hemoglobina presente nos glóbulos vermelhos transporta gás oxigênio no sangue. Essa molécula de hemoglobina liga de modo reversível o oxigênio, captando-o onde ele está com pressões parciais mais elevadas e liberando-o onde as pressões são mais baixas.
    Existe mais de um tipo de hemoglobina humana. Antes de nascer, o feto possui um tipo diferente de hemoglobina, e tal diferença aumenta sua afinidade pelo oxigênio. Isso quer dizer que, para uma mesma pressão parcial de oxigênio - PO2, a hemoglobina fetal captará oxigênio mais facilmente que a materna, havendo assim maior facilidade de transferência placentária de oxigênio do sangue materno para o sangue fetal.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010

    O CO2 produzido pelo metabolismo dos tecidos é, em grande parte, transportado no sangue sob a forma de bicarbonato e de ácido carbônico. Em condições normais, tais compostos encontram-se na seguinte proporção:

    Esse sistema de transporte, cuja parte alcalina corresponde ao  e a parte ácida ao H2CO3, constitui o principal mecanismo de manutenção do pH do sangue em 7,4.
    Algumas situações, como prender a respiração por tempo prolongado, podem alterar a taxa normal desses dois compostos no plasma, conforme se observa no gráfico abaixo:

    Indique a alteração observada no pH do sangue quando a respiração é suspensa por tempo prolongado. Justifique sua resposta, utilizando as informações do gráfico.

    Objetivo: Explicar as alterações do pH do sangue na ausência de respiração.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Equilíbrio ácido-básico nos animais

    Comentário da questão:

    Quando a respiração é retida não há eliminação de CO2 pelos pulmões. Isso acarreta o acúmulo desse gás no sangue, principalmente sob a forma de ácido carbônico, embora também haja aumento do teor de bicarbonato, mas em menor produção, como se observa no gráfico. Consequentemente, no sistema , haverá acúmulo de ácido sobre base. Como esse sistema regula o pH do sangue, este tenderá a diminuir.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    As vacinas são um meio eficiente de prevenção contra doenças infecciosas, causadas tanto por vírus como por bactérias.
    Indique três princípios ativos encontrados nas vacinas e explique como atuam no organismo.

    Objetivo: Exemplificar antígenos presentes nas vacinas e explicar sua atuação.
    Item do programa: Saúde e bem-estar do homem
    Subitem do programa: Medidas preventivas em saúde pública: vacinação

    Comentário da questão:

    As vacinas são preparadas a partir de microrganismos mortos ou atenuados ou, ainda, de antígenos específicos extraídos desses microrganismos. Elas atuam estimulando o organismo a produzir anticorpos específicos contra esses antígenos inoculados, promovendo assim a defesa imunológica.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Algumas funções metabólicas opostas são realizadas por células eucariotas específicas. Nos compartimentos I, II e III de uma dessas células, ilustrados no esquema abaixo, ocorrem reações que levam tanto à degradação de glicose, gerando CO2, quanto à síntese desse carboidrato, a partir do CO2.


    Nomeie os compartimentos celulares I, II e III. Em seguida, identifique o compartimento que mais produz ATP e o que mais consome ATP.

    Objetivo: Nomear compartimentos celulares e discriminar o nível de consumo de ATP de cada um.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Tecidos vegetais: estrutura e funções

    Item do programa 2: Os fundamentos da bioquímica e da fisiologia dos organismos animais e vegetais

    Subitem do programa: As bases do metabolismo e seu controle: anabolismo e catabolismo de carboidratos

    Comentário da questão:

    O compartimento I corresponde ao citosol das células, pois, como se observa no esquema, nele ocorrem as reações de glicólise até a formação de ácido pirúvico. Já no compartimento II, ocorrem a oxidação do ácido pirúvico, produzindo CO2, e a fosfarilação oxidativa, reações exclusivas das mitocôndrias. No compartimento III, por sua vez, estão resumidas algumas etapas de fotossíntese, próprias do cloroplasto, que englobam desde a fixação de CO2 até a formação de glicose. Todas essas reações são típicas de vegetais clorofilados. Dentre os três compartimentos, o que mais produz ATP é a mitocôndria, e o que mais consome ATP é o cloroplasto, nas etapas de síntese da glicose.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Técnicas de hibridização ou de determinação da sequência de bases do DNA permitem estimar o grau de parentesco entre espécies de seres vivos. O resumo da árvore evolutiva, esquematizado abaixo, apresenta resultados de pesquisas realizadas com primatas utilizando essas técnicas:



    Dentre os primatas citados, relacione, na ordem crescente de semelhança ao genótipo do chipanzé, os que tiveram um ancestral que viveu há cerca de 10 milhões de anos. Indique, ainda, o percentual de semelhança.

    Objetivo: Identificar primatas com um mesmo ancestral e o percentual de semelhança entre seus DNA.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Evolução: origens da vida

    Comentário da questão:

    O esquema mostra o seguinte resumo da árvore evolutiva dos primatas:
    • há 30 milhões de anos - um ancestral dá origem ao ancestral direto de outros macacos atuais e ao ancestral direto do orangotango;
    • há 15 milhões de anos - um ancestral do orangotango dá origem ao próprio orangotango e ao ancestral direto do gorila;
    • há 10 milhões de anos - o ancestral do gorila dá origem ao próprio gorila e ao ancestral direto e comum do homem e do chipanzé, que viveu há 7 milhões de anos.
    Portanto, o ancestral que viveu há 10 milhões de anos deu origem ao gorila, ao homem e ao chipanzé. A semelhança entre o DNA do chipanzé e o do gorila é de 97,7% e entre o do chipanzé e o do homem é de 98,6%.

     

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    No homem, a filtração do sangue pelos glomérulos renais produz cerca de 7,2 L de filtrado glomerular por hora. Esse volume sofre uma significativa redução durante a passagem do filtrado pelos túbulos contornados proximais, que possuem um eficiente mecanismo de reabsorção ativa de sódio.

    No esquema abaixo, estão representadas células epiteliais do túbulo contornado proximal. Observe que a bomba de Na+ e K+ e os canais passivos de Na+ estão situados em faces diferentes da membrana plasmática.


    Descreva, com base no esquema, as etapas do mecanismo pelo qual o Na+ filtrado é absorvido e retorna ao meio interno.

    Objetivo: Descrever o mecanismo de reabsorção ativa do íon sódio nos túbulos contornados proximais do rim humano.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Excreção: mecanismos e estruturas envolvidas

    Comentário da questão:

    A bomba de sódio e potássio, situada na membrana basolateral das células epiteliais dos túbulos contornados proximais, lança o sódio do citoplasma dessas células para o meio interno que as envolve, o que diminui a concentração intracelular desse íon. Como consequência, aumenta a concentração citosólica de sódio que passivamente entra na célula, através de seus canais passivos na membrana apical, a partir do filtrado glomerular que passa pelo interior dos túbulos contornados. Do citoplasma o sódio continua sendo bombeado para o meio interno do organismo; junto ao sódio, a água é reabsorvida.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Em um lago, três populações formam um sistema estável: microcrustáceos que comem fitoplâncton e são alimento para pequenos peixes. O número de indivíduos desse sistema não varia significativamente ao longo dos anos, mas, em um determinado momento, foi introduzido no lago um grande número de predadores dos peixes pequenos.
    Identifique os níveis tróficos de cada população do sistema estável inicial e apresente as consequências da introdução do predador para a população de fitoplâncton.

    Objetivo: Identificar os níveis tróficos de uma cadeia alimentar e explicar o impacto causado pela introdução de novo grupo de seres vivos nessa cadeia.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Bases da ecologia: cadeias e teias alimentares; populações e seu controle

    Comentário da questão:

    Na cadeia alimentar descrita, o fitoplâncton representa os produtores; os microcrustáceos que se alimentam desse fitoplâncton são os consumidores primários; já os pequenos peixes, que comem os microcrustáceos, são consumidores secundários. A introdução de predadores desses peixes vai provocar um desequilíbrio no sistema, pois haverá inicialmente um aumento no número de microcrustáceos, o que, por sua vez, vai contribuir para a diminuição da população de fitoplâncton que serve de alimento para eles.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010

    A bile, secretada pelo fígado e armazenada pela vesícula biliar, faz parte do processo de digestão de alimentos em seres humanos.
    Cite o tipo de alimento sobre o qual a bile age e a enzima que o digere. Em seguida, explique como a bile facilita a ação dessa enzima.

    Objetivo: Identificar alimento e enzima relacionados à atuação da bile e explicar o modo de ação dessa secreção.
    Item do programa: Fundamentos da bioquímica e da fisiologia de animais e vegetais
    Subitem do programa: Processamento de alimentos: digestão

    Comentário da questão:

    A bile atua sobre os lipídios (gorduras), que são substrato para a lipase pancreática. Os sais biliares emulsificam as gorduras, evitando que se agreguem em grandes glóbulos. O pequeno tamanho das partículas lipídicas formadas aumenta a área superficial exposta à ação da lipase pancreática.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Na figura abaixo, está representada a atual distribuição geográfica de uma determinada família de plantas que têm a mesma origem evolutiva e estão presentes em todo o planeta há milhões de anos. Em estudos filogenéticos recentes, observou-se que as espécies sul-americanas diferem das africanas.


    Aponte o fenômeno geológico responsável pela separação dos continentes e explique como esse fenômeno acarretou as diferenças entre as espécies hoje encontradas na África e na América do Sul.

    Objetivo: Discriminar fenômeno geológico e justificar sua relação com a distribuição geográfica de uma família de vegetais.
    Item do programa: Os seres vivos
    Subitem do programa: Evolução: mecanismos de seleção; biodiversidade

    Comentário da questão:

    A movimentação das placas tectônicas, também chamada de deriva continental, provocou a separação dos continentes, acarretando um isolamento geográfico e reprodutivo de alguns seres vivos. Com o tempo, determinadas características desses seres vivos foram evolutivamente selecionadas, em cada nova área, levando à formação de novas espécies.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Em um experimento, foram removidas as membranas externas de uma amostra de mitocôndrias. Em seguida, essas mitocôndrias foram colocadas em um meio nutritivo que permitia a respiração celular. Uma das curvas do gráfico abaixo representa a variação de pH desse meio nutritivo em função do tempo de incubação. Observe:


    Identifique a curva que representa a variação de pH do meio nutritivo no experimento realizado. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Descrever a variação do pH em determinado experimento e justificar essa variação.
    Item do programa: Vírus....... células e tecidos
    Subitem do programa: Bioenergética: respiração celular aeróbica

    Comentário da questão:

    Em mitocôndrias íntegras, durante a cadeia respiratória, íons H+ são bombeados da matriz para o espaço entre as membranas interna e externa da organela, onde se acumulam. Esses íons retornam à matriz mitocondrial por meio da enzima ATP sintetase, gerando ATP. Na amostra de mitocôndrias sem membrana externa, os íons H+ se difundem pelo meio nutritivo, promovendo a diminuição do pH ao longo do tempo de incubação, conforme representado pela curva Z.

     

    2010 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 3, n. 6, ano 2010


    Em uma pesquisa, cientistas extraíram amostras de DNA de três espécies diferentes e determinaram suas relações , apresentadas na tabela abaixo.


    Em seguida, aqueceram-se as amostras e mediu-se a temperatura de desnaturação de cada uma delas. Sabe-se que, na temperatura de desnaturação, todas as pontes de hidrogênio entre as bases nitrogenadas estão rompidas.
    Identifique a amostra com maior temperatura de desnaturação. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Discriminar amostra de DNA com maior temperatura de desnaturação e explicar esse estado.
    Item do programa: Bases da genética
    Subitem do programa: Estrutura e funções do DNA e do RNA

    Comentário da questão:

    As bases nitrogenadas das duas fitas do DNA são unidas entre si por ligações chamadas pontes de hidrogênio. O pareamento entre citosina (C) e guanina (G) é feito por três pontes de hidrogênio, enquanto entre adenina (A) e timina (T) há duas dessas ligações. Quanto mais pontes de hidrogênio mais energia é necessário aplicar para separar as duas fitas. Portanto, quanto mais bases G e C estiverem presentes em uma molécula de DNA, ou seja, quanto maior a relação , maior também será a temperatura de desnaturação dessa molécula.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 1
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009

    A hidrólise dos triacilgliceróis na célula adiposa produz glicerol e ácidos graxos. No fígado, em determinadas situações metabólicas, o glicerol pode ser usado na síntese da glicose, através da reversão de etapas da glicólise, como mostra o esquema abaixo:


    Aponte o número máximo de carbonos radioativos que pode ser encontrado na glicose se dois dos carbonos do glicerol forem marcados com o isótopo 14C. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Explicar os mecanismos de transferência de carbonos utilizados na síntese de glicose durante o processo de gliconeogênese.
    Item do programa: Os fundamentos da bioquímica e da fisiologia dos organismos animais e vegetais
    Subitem do programa: As bases do metabolismo e seu controle: anabolismo e catabolismo de carboidratos, lipídios e proteínas

    Comentário da questão:

    O glicerol usado no processo de gliconeogênese é, inicialmente, transformado em diidroxiacetona-fosfato, que se isomeriza a gliceroaldeído-3-fosfato. Os carbonos da glicose são originários da condensação dessas duas trioses, como mostra o esquema. Portanto, se marcarmos radioativamente dois dos carbonos do glicerol, a glicose formada poderá ter no máximo quatro carbonos marcados, sendo dois da diidroxiacetona-fosfato e dois de seu isômero gliceroaldeído-3-fosfato.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 2
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Na fosforilação oxidativa, a passagem de elétrons através da cadeia respiratória mitocondrial libera a energia utilizada no bombeamento de prótons da matriz para o espaço entre as duas membranas da mitocôndria. O gradiente de prótons formado na membrana interna, por sua vez, é a fonte de energia para a formação de ATP, por fosforilação do ADP.
    Algumas substâncias tóxicas, como o dinitrofenol (DNF), podem desfazer o gradiente de prótons, sem interferirem no fluxo de elétrons ao longo da cadeia respiratória.
    Em um experimento, uma preparação de mitocôndrias foi incubada com substrato, O2 , ADP e fosfato, mantidos em concentrações elevadas durante todo o tempo considerado. Após alguns minutos de incubação, adicionou-se ao meio a droga DNF.
    Observe os gráficos abaixo:

    Indique o gráfico que representa a variação do quociente Q durante o tempo de incubação no experimento realizado. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Justificar o resultado de um experimento com base no conhecimento sobre os mecanismos de transferência e armazenamento de energia na mitocôndria.
    Item do programa: As células
    Subitem do programa: Características gerais das células eucariotas: c) noções de bioenergética: respiração aeróbica e anaeróbica; transferência e armazenamento de energia na mitocôndria e no cloroplasto

    Comentário da questão:

    O DNF, desfazendo o gradiente de prótons entre a matriz mitocondrial e o espaço intermembranas, irá inibir a síntese de ATP. Como essa substância não interfere no fluxo de elétrons através da cadeia respiratória, o consumo de oxigênio não diminui. Dessa forma, o quociente Q, medindo a relação entre as taxas de síntese de ATP e de oxigênio consumido, deverá diminuir em função do tempo após a adição da droga, como mostra o gráfico I.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 3
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Apesar da distância evolutiva, animais como a água-viva e a samambaia apresentam ciclo de vida semelhante.
    Nomeie o ciclo de vida compartilhado por água-vivas e samambaias, indicando sua principal característica. Em seguida, cite os tipos de divisão celular que dão origem aos gametas em cada um desses dois seres vivos.

    Objetivo: Discriminar tipo de ciclo de vida e de divisão celular encontrados em seres animais ou vegetais.
    Item do programa: Os fundamentos da bioquímica e da fisiologia dos organismos animais e vegetais
    Subitem do programa: Sistemas de reprodução: tipos; gametogênese e fecundação; reprodução humana

    Comentário da questão:

    O ciclo de vida próprio de samambaias e águas-vivas é denominado metagênese. Ele se caracteriza pela alternância entre uma geração sexuada e outra assexuada. Na água-viva, a forma polipóide dá origem a medusas machos e fêmeas que, por meiose, geram gametas. Nas samambaias, os esporos dão origem aos gametófitos hermafroditas que, por divisão mitótica, formam os gametas.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 4
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    O daltonismo é uma anomalia hereditária ligada ao cromossomo sexual X, caracterizada pela incapacidade de distinção de algumas cores primárias. Considere um indivíduo com cariótipo 47, XXY, daltônico, cujos pais têm visão normal.
    Identifique qual dos genitores doou o gameta com 24 cromossomos, justificando sua resposta. Em seguida, cite a etapa da meiose na qual ocorreu a trissomia XXY nesse indivíduo.

    Objetivo: Explicar o mecanismo de herança do daltonismo e identificar em que fase da divisão celular pode surgir a anomalia denominada de trissomia cromossomial XXY.
    Item do programa: Tópicos importantes da genética
    Subitem do programa: Anomalias cromossômicas

    Subitem do programa: Principais doenças hereditárias.

    Comentário da questão:

    Para a mulher manifestar o daltonismo, ela precisa ser homozigota recessiva, enquanto indivíduos do sexo masculino apresentam a anomalia com apenas uma cópia do gene, já que a lesão se situa no cromossomo X. No caso, como o indivíduo XXY é daltônico e descende de pais normais para o daltonismo, apenas a mãe poderia ser a doadora do gameta com 24 cromossomos. A trissomia cromossomial ocorre na anáfase II.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 5
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Uma pequena e isolada ilha tropical foi devastada por uma grande queimada, que destruiu todos os seres vivos ali existentes. Quatro anos depois, o solo da ilha apresentava uma cobertura de cianobactérias, briófitas, pteridófitas, além de algumas fanerógamas. Após dez anos, já existiam diferentes representantes de artrópodes e, após sessenta anos, a ilha estava novamente coberta por uma mata densa, abrigando um grande número de espécies animais, incluindo répteis, aves e mamíferos.
    Nomeie o fenômeno ecológico ocorrido na ilha ao longo desse período e explique a atuação dos primeiros organismos surgidos, após a queimada, na recuperação da biodiversidade local.

    Objetivo: Explicar o fenômeno ecológico de recuperação da biodiversidade de um local totalmente destruído por uma catástrofe.
    Item do programa: As bases da ecologia
    Subitem do programa: Sucessão ecológica e biomas

    Comentário da questão:

    Sucessão ecológica é um fenômeno caracterizado pela colonização gradual e ordenada em um ecossistema, resultante da ação de fatores ambientais sobre os seres vivos e da ação desses seres sobre o ambiente. No caso, os seres vivos pioneiros, microrganismos e indivíduos de pequeno porte, condicionaram os novos padrões microclimáticos e químicos do solo, favorecendo a modificação do meio ambiente que permitirá a instalação de novos organismos.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 6
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Nas últimas décadas, os serviços de saúde têm voltado sua atenção para várias viroses humanas até então desconhecidas e, ao mesmo tempo, se preocupam com o aumento do número de casos de outras que pareciam já controladas. Essas doenças são conhecidas, respectivamente, como emergentes e reemergentes.
    Cite um exemplo de cada uma dessas viroses encontradas no Brasil e apresente um fator responsável pela emergência e outro pela reemergência.

    Objetivo: Exemplificar importantes doenças virais e discriminar seus fatores de emergência ou reemergência no Brasil.
    Item do programa: Saúde, higiene e saneamento básico
    Subitem do programa: Doenças infectocontagiosas e parasitárias no Brasil; endemias e epidemias

    Subitem do programa: Medidas preventivas em saúde pública: higiene, saneamento básico e vacinação

    Comentário da questão:

    Dentre as viroses emergentes no Brasil, destacam-se a AIDS e algumas doenças hemorrágicas, como a hantaviroses; dentre os reemergentes estão a dengue e a febre amarela. Um fator responsável pela emergência de doenças está associado à existência de mutações em um microrganismo que o transformam em agentes patogênicos ou que facilitam a transposição de patógeno existente em uma espécie para outra. Alguns fatores que facilitam a reemergência são: condições deficientes de saneamento básico; medidas insuficientes visando ao controle de vetores; alterações ocorridas no meio ambiente, antropogênicas ou não; baixos níveis socioeconômico e educacional de populações.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 7
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Para estudar o tropismo de vegetais, tomou-se uma caixa de madeira sem tampa, com fundo constituído por uma tela de arame. Sobre a tela, colocou-se uma camada de serragem, mantida sempre úmida, e uma camada de terra vegetal. Por cima da terra, foram espalhados grãos de feijão. A caixa foi suspensa, mantendo-se o fundo na horizontal, sem contato com o solo.
    As raízes dos grãos germinaram, passando pela tela de arame em direção ao solo, mas voltaram a entrar na caixa, através da tela, repetindo esse processo à medida que cresciam.
    Aponte os dois mecanismos fisiológicos envolvidos no crescimento das raízes e descreva a atuação de ambos no processo descrito.

    Objetivo: Descrever os mecanismos fisiológicos envolvidos no crescimento das diversas partes de um vegetal.
    Item do programa: Os fundamentos da bioquímica e da fisiologia dos organismos animais e vegetais
    Subitem do programa: Sistemas de proteção, sustentação e locomoção

    Comentário da questão:

    Tropismo pode ser definido como a tendência de orientar a direção tomada por um ser vivo em função de um determinado estímulo. As raízes dos vegetais apresentam geotropismo positivo, isto é, crescem em direção ao centro da Terra, e também têm afinidade pela água (hidrotropismo), direcionando seu crescimento para zonas de maior umidade. No experimento, as raízes saem pela tela da caixa por geotropismo, crescendo em direção ao solo, e a ela retornam em busca de água, por hidrotropismo.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 8
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    Uma mutação em uma célula dá origem a um códon de terminação UAG na porção central de um RNA mensageiro que codifica uma determinada proteína. Uma mutação em outro gene dessa mesma célula leva à alteração de uma base nitrogenada no anticódon do RNA transportador (RNAt) da tirosina. Essa alteração faz o RNAt reconhecer o códon UAG como sendo da tirosina e a continuar a transportá-la normalmente.
    Identifique a trinca de bases do DNA que originou o anticódon mutado e indique como a presença desse RNAt alterado pode interferir nas estruturas primárias das proteínas sintetizadas a partir de genes normais.

    Objetivo: Explicar algumas conseqüências de mutações sobre o mecanismo de biossíntese protéica.
    Item do programa: As bases da genética molecular
    Subitem do programa: Bases nitrogenadas, nucleosídios e nucleotídios

    Subitem do programa: Estrutura e funções do DNA e do RNA, dos genes e dos cromossomas

    Subitem do programa: O código genético (códon e anticódon)

    Subitem do programa: Mecanismos de transcrição e de tradução da informação gênica; similaridades e diferenças entre os diversos organismos

    Comentário da questão:

    Os códons de terminação presentes nos RNAs mensageiros informam que a seqüência primária de uma proteína está completa, uma vez que, em condições normais, não existe RNA transportador com um anticódon complementar aos códons de terminação. Na situação apresentada, houve duas mutações, em genes diferentes, levando ao aparecimento de um códon de terminação na porção central de um RNA mensageiro e ao surgimento de um RNA transportador capaz de reconhecer o códon de terminação UAG como sendo o da tirosina. Como conseqüência para a célula, proteínas traduzidas por RNAs mensageiros normais, possuidores desse códon de terminação, terão pelo menos 1 aminoácido a mais em sua estrutura primária, a tirosina, inserido pelo RNA transportador mutado. O códon UAG do RNA mensageiro mutado será reconhecido pelo anticódon AUC do RNA transportador que, por sua vez, será transcrito a partir da trinca TAG do DNA.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 9
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    A micropropagação é uma técnica amplamente utilizada nos dias atuais para a produção de vegetais em larga escala. O método baseia-se no cultivo de pedaços de tecidos retirados de uma única planta, o que gera rapidamente uma quantidade de mudas bem maior do que a produzida pelo crescimento de sementes dessa planta.
    Suponha que duas áreas agrícolas, adjacentes e de mesmo tamanho, foram cultivadas com um grande número de mudas de pés de laranja, da seguinte maneira:
    - Área I - mudas produzidas por micropropagação;
    - Área II - mudas obtidas com sementes.
    Quando as duas culturas estavam igualmente desenvolvidas, foi introduzido um patógeno ainda não existente em cada uma das áreas.
    Indique em qual dessas áreas as laranjeiras apresentarão maior probabilidade de resistência à alteração ambiental. Justifique sua resposta.

    Objetivo: Justificar o potencial de resistência de plantações a mudanças ambientais com base nas técnicas de cultivo.
    Item do programa: Tópicos importantes da genética
    Subitem do programa: Hereditariedade: mendelismo e neomendelismo; probabilidade genética.

    Item do programa 2: A evolução dos seres vivos

    Subitem do programa: Diversidade dos seres vivos

    Subitem do programa: Adaptação dos seres aos diversos ambientes e modos de vida

    Comentário da questão:

    A micropropagação pode ser definida como a produção de clones ou cópias geneticamente idênticas a partir de partes de um único vegetal. A reprodução sexuada, por sua vez, é o processo pelo qual ocorre a fusão de dois gametas, com junção de seus núcleos, produzindo uma descendência com carga genética variada. A reprodução sexuada dá origem a novos indivíduos a partir do desenvolvimento de sementes, acarretando o desenvolvimento de plantas com capacidades diferentes de suportar uma pressão seletiva e, portanto, com maior probabilidade de resistência a uma alteração ambiental ocorrida, como a introdução de um patógeno não existente.

     

    2009 - Exame Discursivo - Questão 10
    Disciplina: Biologia

    Ano 2, n. 3, ano 2009


    O Homo sapiens deve ter surgido há cerca de 200 mil anos. Sua capacidade intelectual, porém, parece ter evoluído pouco durante 130 mil anos. Há 70 mil anos, conforme propõem alguns pesquisadores, uma catástrofe natural teria provocado grandes alterações climáticas, responsáveis pela quase extinção da espécie. Registros fósseis de cerca de 50 mil anos sugerem um crescimento do intelecto dos descendentes dos indivíduos que sobreviveram, manifestado por interesse artístico, grande criatividade e capacidade de comunicação, que são características do homem moderno. Poder-se-ia, supor, assim, que o clima adverso teria favorecido o desenvolvimento da capacidade intelectual do Homo sapiens.
    Indique o mecanismo evolutivo descrito e explique a sua atuação.

    Objetivo: Explicar o mecanismo evolutivo favorecedor do desenvolvimento intelectual do
    Item do programa: A evolução dos seres vivos
    Subitem do programa: Evidências da evolução e mecanismos evolutivos; tipos de seleção

    Comentário da questão:

    As condições climáticas que se estabeleceram após uma grande catástrofe ocorrida cerca de 70 mil anos atrás podem ter eliminado a grande maioria dos indivíduos da espécie humana. No entanto, aqueles que, por mutações ocorridas, dispunham de maior capacidade intelectual tiveram maior probabilidade de sobreviver à situação adversa, transferindo essa capacidade a seus descendentes, o que caracteriza um processo de seleção natural.